Dicas para poupar com os animais de estimação

Escrito por Conselhos do Consultor

26.04.19

}
3 min de leitura

Quase todos nós queremos ter em casa animais de estimação, seja um a cão, um gato, um pássaro, uma tartaruga… Para ter como companhia, ou até para ser o amigo fiel dos nossos filhotes.

Mas muitas das vezes ponderamos, porque os animais de estimação requerem cuidados, ás vezes um pouco dispendiosos, mas que tem que ser, pelo seu bem estar e pelo nosso!
Se optar por ter um cão ou um gato, não compre! Procure nas associações de animais perdidos, vai encontrar bebés, adolescentes e mais velhotes, todos eles com oportunidade de sentirem o carinho e o calor humano.
Por vezes já vêm desparasitados e castrados , já tem aqui uma grande poupança.
Também existem clínicas que têm protocolos com as associações e fazem descontos nos tratamentos, vacinas, etc .
Procure uma ração que seja acessível, mas que tenha qualidade, que vá ao encontro das necessidades do seu animal, assim evitará problemas gastrointestinais e idas ao veterinário. Esteja atento ás promoções.
Caso tenha alguma disponibilidade, procure formas de cozinhar para os seus animais, sim também é  uma boa forma de poupar e de dar saúde aos seus animais de estimação, sim porque comida cozinhada também é saudável para ele. Procure: Joana Carido . É nutricionista e escreveu um livro de receitas nutritivas e saudáveis para cães e pode fazer em casa.

A colocação do chip é importante, nele estará a sua identificação e estará mais salvaguardado caso se perca.  Pode colocá-lo no veterinário ou através da sua Junta de Freguesia, também faz vacinação gratuita uma vez por ano.

NOTA IMPORTANTE: ao fim de 2 ou 3 semanas certifique-se que o animal está registado pelo SICAFE ( telf. 213 239 736 ) ou no SIRA (telf.  213 257 812 )

Descarregue o nosso ebook 103 Dicas de Poupança

Para aconchegar o seu animal em casa não precisa de muita coisa, um cobertor velho ou uma almofada que já não use fará uma bela caminha. Se for para ficar dentro de casa, arranje um caixote e faça uma bela casota. Se for para ficar no exterior, antes de comprar tente perceber se alguém lhe pode dispensar. Se não for o caso, procure no OLX ou em outras ofertas de vendas de coisas usadas.
Outra forma de poupar, por ex., nos brinquedos. Faça você mesmo, procure nas páginas da net como fazer brinquedos para os animais e crie vários.
Dê os banhos dos seus patudos em casa, e se possível compre um alicate específico para o corte das unhas, assim evitará mais um custo.

E por último: sabe que já pode deduzir as despesas do veterinário dos seus animais de estimação no IRS? Abatendo 15% do IVA das faturas apresentadas, sendo elas especificas em :

  • Atividades veterinárias com e sem internamento de animais de criação e companhia;
  • Cuidados médico-veterinários prestados em hospitais, centros de atendimento médico-veterinário, clínicas canis, explorações agrícolas ou em outros locais;
  • Tratamento médico-veterinário (cirúrgicos, dentários, etc,);
  • Atividades de diagnóstico (clínico, laboratorial, patológico e outro);
  • Transporte de animais doentes.

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *