Natal 2020 – Trocas de Natal com Prazo Alargado

Escrito por Conselhos do Consultor

09.11.20

}
3 min de leitura

O Ministério da Economia e da Transição Digital anunciou este mês uma iniciativa dedicada às compras de Natal com o mote “Planeie o seu Natal com tempo. Compre cuidando de todos”.

A iniciativa é dirigida aos estabelecimentos comerciais que se comprometam em alargar o prazo de troca das prendas de Natal até 31 de Janeiro de 2021. O objetivo é evitar a aglomeração de pessoas na época habitual dedica às trocas e incentivar a antecipação das compras de Natal.

Em que consiste a iniciativa “Natal 2020”?

Tal como se pode ler no portal ePortugal.gov.pt, a medida “visa garantir o cumprimento das recomendações da Direção-Geral da Saúde para o setor do Comércio e regras de ocupação, permanência e distanciamento físico em estabelecimentos comerciais”.
Olhando para o comportamento dos consumidores, facilmente se prevê um problema de concentração de pessoas, não só na altura das compras de Natal, mas principalmente nos habituais dias de troca. Assim, para evitar este problema, o governo avançou com esta iniciativa para que, no atual contexto pandémico, os consumidores consigam antecipar as suas compras de Natal e não tenham que “ir a correr” trocar os produtos logo no dia 3 de janeiro.
Todos os estabelecimentos aderentes têm que garantir que os produtos comprados entre 4 de Novembro e 25 de Dezembro de 2020, possam ser trocados, pelo menos, até dia 31 de Janeiro de 2021.
Para além disso, o governo pretende ainda sensibilizar os comerciantes para o alargamento dos períodos de promoções de curta duração, como é o caso da Black Friday que, habitualmente, só dura um dia.
 

Como vai funcionar?

Informações para Comerciantes

A iniciativa estende-se a qualquer estabelecimento de comércio a retalho que tenha realizado o registo. Através do portal ePortugal.gov.pt, pode realizar o seu registo. Aceda a esta página, leia com cuidado a informação e a documentação necessária.
A adesão não tem qualquer custo e pode ser feita até dia 25 de Dezembro 2021. Após a adesão, é disponibilizado um dístico que identifica que o estabelecimento é aderente:
Dístico de Adesão ao Natal 2020
Muito importante: o dístico deve estar num local acessível e visível para que os consumidores facilmente identifiquem que se trata de um estabelecimento aderente.

Informações para Consumidores

Se é consumidor e pretende aderir a este alargamento do prazo, então deve apenas garantir que compra nas lojas identificadas com o dístico vermelho “Natal 2020”. Para além disso, quando for realizar a sua compra, não se esqueça de pedir e guardar os respetivos talões de compra/oferta.
Como a medida também incentiva ao alargamento do período de promoções, fique atento às suas lojas de preferência. Poderá conseguir boas oportunidades.

Natal 2020 – Vai aderir?

Agora que já sabe desta medida, seja consumidor ou comerciante, não deixe de aderir. O atual contexto pandémico e económico exige uma colaboração entre todos os portugueses.
Se é consumidor, planeie as suas compras com antecedência e privilegie os estabelecimentos e marcas portuguesas. Se é comerciante, facilite o processo de compra ao consumidor, não colocando entraves no período de troca e, se possível, alargando o período de promoções.
Pode consultar todas as informações da iniciativa no portal Portugal.gov.pt ou no portal da DGAE.
_
Leia também: Covid-19 – Opte pelos Serviços Públicos Online

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *