5 Dicas para preparar as suas Finanças Pessoais para o Crédito Habitação

Escrito por Conselhos do Consultor

17.12.20

}
6 min de leitura

Decidiu que vai adquirir um casa e precisa de um Crédito Habitação? Então prepare primeiro as suas finanças pessoais para essa despesa e só depois avance.

Adquirir uma casa é o objetivo de muitos portugueses. Porém, a grande maioria precisa de recorrer a um Crédito Habitação para o conseguir fazer. Não há nada de errado em contrair esse empréstimo contudo, deve primeiro garantir que prepara as suas finanças para essa dívida. Dessa forma, não só evita que os bancos lhe recusem o crédito, como ainda garante a sua estabilidade financeira.
A pensar nisso, reunimos algumas dicas que deve seguir para preparar as suas finanças pessoais para o Crédito Habitação.

1. Calcule e Reduza a Taxa de Esforço

Para além de ser “obrigatório” para avaliar a sua situação financeira, saiba que esse cálculo também é feito pelas instituições bancárias antes de decidirem se aprovam ou não o crédito. Ou seja, os bancos vão confrontar os seus rendimentos mensais com as dívidas que tem por pagar. Assim, conseguem perceber o estado das suas finanças e se tem “margem” para conseguir suportar uma dívida tão avultada como o Crédito Habitação.
Comece por calcular a sua Taxa de Esforço antes mesmo de fazer o seu pedido de crédito. Através do nosso artigo, Aprenda a Calcular a sua Taxa de Esforço e utilize a nossa Calculadora de Taxa de Esforço gratuita para o ajudar. A calculadora vai ajudá-lo a perceber, não só o impacto de todas as despesas atuais, como também lhe dá um valor máximo recomendado que pode assumir para o novo crédito.
Calculadora Taxa Esforço
Mediante os resultados, consegue então perceber o quão fácil ou difícil será para si pagar a prestação do Crédito Habitação. Se tiver disponibilidade financeira, tente reduzir a sua taxa de esforço. Considere liquidar algumas dívidas com outros créditos e até reduzir algumas despesas fixas.
_
Veja também: As Diferentes Taxas de Esforço

2. Tenha um Bom Historial de Crédito

Tem pagamentos em atraso do Cartão de Crédito? Liquidou os Créditos Pessoais na totalidade e sem falhas no pagamento? As respostas a questões como estas vão definir o seu historial de crédito. Para os analistas de risco do banco, é importante perceber e analisar o historial do candidato ao crédito.
Para além disso, é importante que evite contrair créditos próximo da altura que vai pedir o Crédito Habitação. Muitos pedidos recentes podem ser um alerta para o banco de que está numa situação instável e desesperado para ter um crédito.
Por outro lado, tenha em mente que um bom historial pode até ser melhor do que não ter qualquer historial. Isto porque, neste caso, há evidências de que é um cliente que merece a confiança dos bancos.
_
Leia também: Mapa de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal

3. Garanta Estabilidade Profissional e Financeira

Garanta que tem uma vida profissional e financeira estável. Esse fator é bom para os dois lados: para si e para os bancos. Quanto mais estável for, maior a probabilidade de lhe concederem o crédito. Ter um rendimento mensal e um vínculo laboral é algo importante. Claro que, cada caso, é um caso. Porém, numa situação de desemprego e sem outras garantias de pagamento (por exemplo um fiador), dificilmente o crédito é aprovado. Para além disso, será mesmo a melhor opção adquirir um crédito habitação numa situação financeira e profissional instável? Pondere sobre o assunto.
_
Leia também: Euribor – Tudo o que deve saber

4. Tenha um Montante Disponível para a entrada (e não só)

Consegue dar uma boa entrada para a casa que quer adquirir? Se sim, então faça-o. Assim, terá de pedir menos dinheiro ao banco, pagará menos juros e poderá ter acesso a melhores condições para o seu empréstimo.
Caso não tenha qualquer valor para dar de entrada, não se esqueça que as entidades bancárias só financiam parte do valor do imóvel. O financiamento a 100% só acontece em situações pontuais, como na compra de um imóvel do próprio banco. Nos restantes casos, o financiamento fica na ordem dos 80 a 90%. Por isso, certifique-se que poupa algum dinheiro para dar, no mínimo, uma entrada de 10% do valor do imóvel.
Depois, não se esqueça também que tem de assumir outras despesas obrigatórias, como por exemplo a escritura.
_
Leia também: O que tem que saber antes de pedir um Crédito Habitação

5. Escolha um Crédito Habitação adequado ao seu caso

São vários os fatores que deve ter em consideração na hora de escolher o tipo de crédito habitação e a instituição bancária. Quando estiver a escolher e a analisar as diferentes opções, não se esqueça destes pontos:

  • Taxa Fixa ou Variável;
  • TAEG / MTIC;
  • Euribor;
  • Seguros associados;
  • Despesas cobradas pelo banco.

Muitos destes fatores são complicados de perceber para a maioria dos portugueses. Mesmo para quem percebe um pouco, é difícil saber escolher a melhor opção e até negociar com o banco. Para além disso, todo o processo é bastante burocrático e demorado. O nosso conselho é que opte por recorrer à ajuda de intermediários. Por terem mais conhecimento e experiência sobre o assunto, também têm maior poder negocial junto dos bancos. Assim, para além de conseguir garantir que escolhe a melhor opção para o seu caso, ainda poupa muito tempo e dinheiro.

Preencha este formulário ???? e fale connosco (é gratuito). Temos um vasta rede de parceiros prontos para o ajudar a encontrar o melhor Crédito Habitação para o seu caso.

_
Leia também: As Vantagens da Intermediação de Crédito

Crédito Habitação – Prepare-se e peça ajuda!

As boas escolhas de hoje, são as boas escolhas de amanhã. Pedir um Crédito Habitação é talvez o maior passo que vai dar na sua vida financeira. Por essa razão, deve ser dado de forma muito ponderada e com a certeza de que pode assumir esse compromisso. Não hesite em pedir ajuda para fazer a escolha mais segura e vantajosa para si ou para a sua família.
_
Leia também: Tudo sobre Crédito Habitação (em vídeo)

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *