Covid-19: é boa altura para Transferir o Crédito Habitação?

Escrito por Conselhos do Consultor

22.01.21

}
5 min de leitura
Transferir Crédito Habitação

Com o novo confinamento, chegam também muitas incertezas quanto ao futuro. Por essa razão, esta pode ser a melhor altura para transferir o seu Crédito Habitação e aproveitar que as condições estão mais favoráveis.

Se tem um Crédito Habitação e acha que esta altura de incerteza não é muito favorável para grandes mudanças, saiba que pode estar enganado relativamente ao seu crédito. Neste momento, com os bancos a baixar os spreads e com os valores negativos da Euribor, transferir o Crédito Habitação não só é uma opção válida, como devia ser obrigatória para quem quer poupar.
Explicamos a seguir porque é que neste momento, em plena pandemia, deve transferir o seu crédito.

Porque deve transferir o seu Crédito Habitação nesta altura?

Para o ajudar a perceber na prática porque é que esta pode ser a altura ideal para transferir o seu Crédito Habitação, reunimos as principais razões que justificam essa afirmação:

  1. Spreads mais baixos: tem-se verificado uma descida do spread abaixo de 1%. Se o seu spread é significativamente superior, então significa que está a perder uma oportunidade de poupar;
  2. Euribor com mínimos históricos: os valores negativos que se têm verificado da Euribor influenciam positivamente os juros que tem que pagar do seu crédito. Consulte aqui as taxas da Euribor atuais a 1, 3, 6 e 12 meses;
  3. Transferência sem qualquer custo: existem cada vez mais bancos que suportam parte ou a totalidade dos custos da transferência do crédito com o objetivo de atrair mais clientes;
  4. Desemprego ou Layoff pode não ser um entrave: por causa da pandemia, muitas pessoas ficaram sem trabalho e outras em regime de layoff. Contudo, isso não significa que não seja possível transferir o crédito. Aliás, se é um dos portugueses que está nessa situação, então deve mesmo tentar procurar melhores condições para o seu crédito e assim reduzir a sua despesa. Contudo, tenha apenas em mente que o banco irá avaliar o risco de incumprimento do pagamento do crédito, como já é habitual noutras situações;
  5. Por último, e tendo em conta as previsões da crise económica, existe um grande probabilidade das condições anteriores se alterarem no futuro. Com a previsão de uma crise económica nacional, é espectável que as condições como as taxas de juro se alterem.

_
Leia também: Tudo sobre Crédito Habitação (em vídeo)

Quanto se pode poupar na Transferência do Crédito Habitação?

Para responder a esta questão, vamos usar um caso real de alguém que nos contactou para o ajudar na transferência do seu Crédito Habitação.
A pessoa em causa tinha uma prestação de 375€ mensais com um spread de 1,85%. A dívida total era de 123.000€.
Pagava ainda de seguro de vida 39,06€/mês na cobertura mais fraca do mercado – Invalidez Absoluta e Definitiva.
Com a nossa ajuda, conseguiu reduzir o spread para 1,1% e passou a ter uma prestação de 332€ mensais. E o que significa isto em termos de poupança? Ora, fazendo as contas, percebemos que isso resulta numa poupança de 43€/mês multiplicado por 408 meses. Ou seja, vai conseguir poupar 17.544€ até o Crédito Habitação terminar.
Alem disso, fez os seguros fora do banco na melhor cobertura de mercado, Invalidez Total e Permanente 60%, e ficou a pagar 28,92€/mês, traduzindo-se numa poupança base de 4.137,12€, face ao que tinha anteriormente, sem ter em conta a evolução dos prémios ao longo da idade, que faz ainda aumentar substancialmente este valor.
Mas não ficamos por aqui. A pessoa em causa também pagava um conjunto de despesas associadas: 5,50€ de mensalidade no banco, 1,15€ de custos do Cartão de Crédito (mensalidade + anuidade) e ainda 3,02€ de processamento da mensalidade. Ao transferir o crédito, conseguimos baixar essas despesas para 3,50€ por mês. Ou seja, uma poupança total de 2.517,36€ no final do novo contrato.
Assim, no total, conseguimos uma poupança de 24.198,48€ para essa pessoa.
_
Leia também: Pouparam 47.916€ por Transferirem o Crédito Habitação

Quer saber quanto pode poupar no seu caso?

Antes de tomar a decisão final de transferir o seu Crédito Habitação, é preciso analisar e comparar as diferentes opções do mercado e perceber então quanto é que pode poupar.
Para o ajudarmos a encontrar a melhor solução, só tem que preencher este formulário ????. Não tem qualquer custo! Graças à nossa rede de parceiros, conseguimos garantir uma proposta de transferência totalmente adaptada ao seu caso. Para além disso, mesmo depois de encontrar a melhor opção, há todo um conjunto de procedimentos burocráticos que lhe podem roubar muito tempo (e paciência). Conte connosco para o ajudar em todo o processo!

Transferir o Crédito Habitação – Não espere pelo fim da pandemia!

Tendo em conta as previsões sobre a situação económica nacional, esperar pelo fim da pandemia para transferir o seu Crédito Habitação pode não ser a melhor opção. Existe uma grande probabilidade das condições se tornarem menos favoráveis, levando ao aumento das taxas de juro.
_
Leia também: Transferências de Crédito Habitação – Todas as Dúvidas

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *