7 Dicas a ter em conta antes de escolher um Seguro de Saúde

Escrito por Conselhos do Consultor

01.03.21

}
5 min de leitura
Seguro de Saúde

Escolher um Seguro de Saúde não é uma tarefa simples. Deve ter em conta vários fatores antes de tomar uma decisão. Para o ajudar, reunimos algumas dicas que deve ter em conta antes de contratar um Seguro de Saúde.

O acesso a assistência médica imediata, numa rede privada, num momento de urgência, a preocupação com a saúde, a necessidade de prevenção, a independência em relação ao Serviço Nacional de Saúde são apenas algumas das razões que o podem levar a contratar um seguro de saúde para si e para a sua família. Mas, em tempos de incerteza como este atual, como podemos ter certeza de que escolhemos o melhor seguro de saúde para aqueles de quem mais gostamos?
Para o ajudar na sua escolhe, comece por ler as nossas dicas antes de decidir:

1 – Como escolher o melhor seguro de saúde para toda a família

Na escolha de um seguro de saúde deve certificar-se de que uma só apólice pode englobar vários elementos da família e quais os limites de idade de permanência. Hoje em dia, existem algumas soluções sem limite de permanência. Ou seja, mesmo em idade avançada pode continuar a usufruir das vantagens do seguro de saúde.
Contudo, se só quer um seguro para consultas e exames, o famoso ambulatório, ou se não pensa em ter filhos, deve optar por coberturas mais baratas e com menos capital.
_
Leia também: Seguro e Plano de Saúde – Qual é a diferença?

2 – Atenção às diferentes coberturas

O mercado segurador tem evoluído e tem diversificado as coberturas que se encontram incluídas nos seguros de saúde: hospitalização, ambulatório, parto, estomatologia, subsídio diário de hospitalização, doenças graves, próteses e ortóteses oculares, medicamentos, etc. Por isso, e naturalmente, quantas mais coberturas e capital têm cada uma delas, mais caro é o prémio.
_
Leia também: Seguro de Saúde e Vida – O que pode agravar o prémio?

3 – Entenda o que é o reembolso ou assistência

Se o seu médico de referência não pertence à rede convencionada ou se vive numa zona com pouca cobertura de rede, deve então optar por um seguro com maior percentagem de reembolso fora da rede. Sabia que a percentagem de reembolso fora da rede pode ir até aos 90%? É um processo muito simples: pagar a totalidade, pedir fatura, enviar para a seguradora e esperar pelo reembolso. Hoje em dia, com as app´s e o envio de faturas através das mesmas, os reembolsos são pagos em dois ou três dias.
Contudo, se vive numa cidade com boa cobertura de rede ou se optar por ir a uma clínica da rede convencionada, só vai despender de um valor fixo, o chamado co-pagamento.
_
Leia também: Melhor Seguro de Saúde – Modalidades de Pagamento

4 – Conte com o Período de Carência

Todos os seguros de saúde e todas as suas coberturas têm um período de carência. Ou seja, durante este período não vai usufruir das vantagens de efetuar o co-pagamento, exceto em caso de acidente. No entanto, pode sempre usufruir de um desconto de acesso à rede, pelo facto de já possuir o seu seguro.
Mas se está a pensar em ter filhos, deve ter em conta que a cobertura do parto tem uma carência que ronda cerca de um ano, na maioria das seguradoras.

5 – Personalize o seguro às necessidades da sua família

Outra das questões que deve considerar antes de escolher um seguro de saúde para a família é a especificidade das pessoas seguras. Ou seja, deve personalizar o seguro de saúde tendo em consideração as necessidades individuais de cada membro da sua família. Por exemplo, se um dos seus filhos usar óculos, tente escolher uma opção em que seja mais beneficiado pelas comparticipações para consultas de oftalmologia ou com cobertura no valor das lentes. Depois de fazer uma avaliação global de todas estas especificidades, deve então focar-se numa opção que cubra todas as necessidades pelo preço máximo que está disposto a pagar. Contudo, certifique-se sempre de que não está a pagar por coberturas das quais não precisa.

6 – Usufrua das vantagens de ter um seguro de saúde para a família

Deve ter em conta que um seguro de saúde lhe permite algumas facilidades:

  • É mais barato: a regra serve para quase todas as seguradoras. Ou seja, quanto mais elementos da família acrescentar à sua apólice, então menor será o preço a pagar por cada um. Em algumas seguradoras os descontos podem ir até aos 20%.
  • Menos burocracia: ter uma única apólice e uma só conta para pagar será com certeza melhor do que vários seguros para gerir.
  • Coberturas alargadas: um seguro de saúde familiar alarga as coberturas ao estrangeiro, garantindo-lhe assim suporte e apoio em hospitais privados num eventual momento de aflição.

7 – Garanta os serviços de assistência sem sair de casa

A maioria dos seguros disponibilizam medicina online e médico e enfermeiros ao domicílio. Com estes serviços, com um co-pagamento, pode então consultar um médico ao telefone ou vídeo chamada e receber a receita comodamente, sem sair do seu local de conforto. Assim, caso não se possa deslocar e, se houver necessidade de ser visto por um médico, ele pode ir até a sua casa. Assim, estes serviços permitem resolver algum problema, sem estar em filas de espera e sem ter de se deslocar para algum lado.

Peça uma simulação gratuita!

Agora que já conhece as principais dicas a ter em conta, deixamos-lhe um último conselho: peça uma simulação gratuita do melhor Seguro de Saúde para si e para a sua família. Para isso, só tem de preencher este formulário ✍. Depois, receberá uma proposta, sem qualquer compromisso. Lembre-se que o aconselhamento especializado pode fazer muita diferença no valor que vai pagar e nas coberturas a que terá direito.
_
Leia também: 6 Mitos sobre Seguros de Saúde
Artigo Original: Joana Raquel Vasques Faria

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *