Seguro ou Cartão de Saúde: qual a melhor opção?

Escrito por Conselhos do Consultor

13.04.21

}
5 min de leitura
Seguro Cartão de Saúde

Entenda quais são as diferenças entre um Seguro de Saúde e um Cartão de Saúde e descubra qual o mais indicado para si e para a sua família.

A adesão às soluções que permitem um acesso rápido e simplificado aos cuidados de saúde é cada vez mais elevada. O Sistema Nacional de Saúde (SNS) garante respostas para todas as situações, mas a demora no acesso é um entrave. Com a pandemia Covid-19, a situação agravou-se com o adiamento de muitas consultas e exames. Por essa razão, soluções como o seguro de saúde ou cartão de saúde são então cada vez mais procuradas. Mas qual será a opção mais vantajosa?
A escolha entre um e outro está habitualmente relacionada com o custo, o que não deixa de ser um motivo mais do que válido. Contudo, existem outros critérios que os diferenciam e que deve ter em conta antes de decidir.

Cartão de Saúde e Seguro de Saúde – Qual é a diferença?

De uma forma resumida, os cartões de saúde permitem o acesso a alguns cuidados de saúde com descontos imediatos nos preços de tabela. Neste caso, é o portador do cartão que assume o total da despesa. Por outro lado, no seguro de saúde existe um contrato que permite o acesso a um maior número de prestadores de cuidados de saúde e de coberturas. Depois, dependendo da modalidade do seguro, a seguradora assume parte das despesas.
Estas são as principais diferenças entre um cartão de saúde e um seguro de saúde:

  1. Os cartões de saúde não têm período de carência. Ou seja, pode utilizá-los logo após a adesão. Já os seguros de saúde, por regra, têm um período de carência. Esse período varia de seguradora para seguradora e pode variar consoante a cobertura;
  2. Os cartões de saúde permitem o desconto em cuidados numa rede de prestadores convencionada. O desconto aplica-se no momento do ato clínico. Já os seguros de saúde podem ter diferentes modalidades: pagamento de valores convencionados (semelhante aos cartões de saúde), sistema de reembolso e sistema misto. Entenda as diferenças destas modalidades de pagamento do seguro de saúde;
  3. Regra geral, os cartões de saúde têm uma anuidade mais barata que os seguros;
  4. Os cartões de saúde não precisam de ser emitidos por uma seguradora, ao contrário dos seguros de saúde.
  5. Nos seguros de saúde pode existir um limite de idade e exclusões de doenças pré-diagnosticadas. Contudo, nos cartões de saúde isso já não acontece.

_
Leia também: 6 Mitos sobre Seguros de Saúde

Para quem é mais indicado o Cartão de Saúde?

Apesar de menos abrangente, o cartão de saúde pode ser a melhor solução para estes casos em particular:

  • Pessoas que tenham alguma urgência em recorrer aos cuidados de saúde e não queiram esperar pelo fim do período de carência, que existe no seguro de saúde;
  • Portadores de doenças pré-existentes à adesão. No seguro de saúde pode existir a exclusão dessas doenças do contrato;
  • Pessoas com idade avançada. Muitos seguros definem um limite de idade de adesão;
  • Pessoas com menor disponibilidade financeira para assumir o custo anual do seguro.

Para quem é mais indicado o Seguro de Saúde?

O seguro de saúde pode ser a melhor solução nestes casos:

  • Para quem procura uma solução mais abrangente. O leque de coberturas de um seguro de saúde é cada vez mais alargado: hospitalização, pequena cirurgia em ambiente hospitalar, ambulatório, consultas em consultório ou ao domicílio, serviços de atendimento permanente, exames auxiliares de diagnóstico, tratamentos, medicamentos, parto, doenças graves, segunda opinião médica, estomatologia ou extensão de coberturas no estrangeiro.
  • Pessoas ou famílias que recorrem com muita frequência aos cuidados médicos privados;
  • Pessoas com maior disponibilidade financeira para assumir o custo anual do seguro;
  • Para quem não tem muitas restrições como doenças pré-diagnosticadas ou idade avançada. Porém, importa referir que uma doença pré-diagnosticada não é um entrave à adesão do seguro. Contudo, o que pode acontecer é a exclusão da doença do seguro;
  • Para quem pretende deduzir o valor do seguro no IRS. O Código do IRS admite que 15% dos prémios pagos com seguros de saúde sejam deduzidos no IRS, o que não acontece no caso do cartão de saúde.

_
Leia também: Seguro de Saúde e Vida – O que pode agravar o prémio?

Precisa de ajuda para decidir? Peça uma simulação gratuita!

Agora que já conhece as principais diferenças entre o seguro de saúde e o cartão de saúde, deixamos-lhe um último conselho antes de decidir: peça uma simulação gratuita do melhor seguro de saúde para si e para a sua família através deste formulário ✍.
Esta simulação permite-lhe ter acesso a uma proposta de seguro de saúde adequada à sua situação atual. Com essa informação, consegue então avaliar se o Seguro de Saúde é ou não a melhor opção para si.
_
Leia também: 7 Dicas a ter em conta antes de escolher um Seguro de Saúde

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

2 Comentários

  1. Jose Tomás Galhardo

    Olá bom dia, tenho ADSE e sei que existem complementos de seguros de saúde. Gostava de saber mais informações.
    Obrigado

    Responder
  2. Teresa Mourão

    Também gostava de saber mais sobre seguros para complementar a adse.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *