Dicas para Poupar ao reduzir o Desperdício Alimentar

Escrito por Conselhos do Consultor

04.06.21

}
5 min de leitura
Poupar Desperdício Alimentar

Reduzir o desperdício alimentar é bom para o ambiente, mas também para a sua carteira. Descubra neste artigo algumas dicas que pode colocar em prática para poupar algum dinheiro ao mesmo tempo que cuida do ambiente.

O desperdício alimentar é uma problemática que afeta o nível económico e ambiental no mundo. A facilidade no acesso e compra dos produtos é muitas vezes a justificação para o agravar deste problema. Contudo, é necessário parar para refletir sobre o peso que esse desperdício tem no ambiente e no orçamento familiar. Já alguma vez pensou que, ao deitar comida para o lixo, está também a deitar dinheiro fora? Entenda como pode contrariar esta problemática ao aplicar dicas simples no seu dia a dia. Acredite que vai conseguir poupar dinheiro, tempo e ainda dar o seu contributo na preservação do ambiente.

Dicas para poupar e combater o desperdício alimentar

CUIDADOS A TER NAS COMPRAS DO SUPERMERCADO

  • A primeira regra de ouro é nunca sair de casa sem uma lista de compras. Por isso, verifique o que tem em casa, faça a lista do que realmente precisa e depois sim vá às compras;
  • Se possível, faça um plano semanal das refeições. Assim, sabe exatamente o tipo de produtos que vai precisar de comprar para essa semana e evita compras desnecessárias;
  • Tenha especial cuidado na escolha dos produtos frescos, especialmente os legumes e frutas. Não compre em grandes quantidades para evitar que se estraguem. É preferível voltar ao supermercado a meio da semana para comprar algum produto em falta. Se deixar os alimentos estragar, é dinheiro que vai perder;
  • Verifique sempre a data de validade e reflita se vai conseguir gastar os produtos até essa data (não se esqueça que, depois de abrir os produtos, o prazo para consumir é menor). Também é importante que aprenda a diferençar o “consumir até” ou “consumir de preferência antes de”:
    • “Consumir até”: refere-se a produtos com pouca validade e que só devem ser consumidos até à data indicada. Ou seja, é o prazo máximo de consumo;
    • “Consumir de preferência antes de”: refere-se a produtos que idealmente deveriam ser consumidos até aquela data, mas que podem ser consumidos nos dias seguintes (desde que estejam bem conservados e armazenados);
  • Outra regra de ouro é nunca ir às compras com fome e pouco tempo pois pode acabar por fazer más escolhas;
  • Cuidado com as promoções, não só pelo preço, mas pela quantidade. Não se deixe aliciar pelas grandes embalagens, especialmente se o prazo de validade for reduzido. Isto não significa que as promoções não compensem, mas deve ter o cuidado de refletir se precisa dos produtos e se os consegue consumir dentro do prazo.

_
Leia também: Poupar no Supermercado: 2 plataformas que o vão ajudar

CUIDADOS A TER EM CASA

  • Cerfique-se de que tem a despensa, os armários e o frigorífico organizados. Ou seja, deve conseguir ver todos os produtos que tem em casa e organizá-los consoante a data de validade;
  • Aproveite as cascas dos legumes e frutas para fazer caldos, chás, batidos ou compotas. Se fizer uma pesquisa rápida pelos vários canais online de receitas, vai encontrar várias ideias para reaproveitar as cascas. Assim, não só evita o desperdício alimentar, como ainda cria novas possibilidades de produtos sem ter que gastar mais dinheiro;
  • Se sobra pão com alguma regularidade, aproveite-o para algumas receitas com pão ralado ou então consuma o pão aquecido no dia seguinte. Também pode congelar o pão e depois ir consumindo em torradas, por exemplo;
  • Não deite fora a água de cozedura dos alimentos. Pode usá-la para caldos ou sopas. Além de evitar o desperdício, estará também a dar mais sabor às suas refeições;
  • Conserve os alimentos de forma adequada. Leia os rótulos dos produtos e perceba a que temperatura precisam de estar guardados e se podem estar expostos à luz. Tenha especial cuidado quando abrir o produto porque normalmente as orientações de conservação mudam. Existem produtos que podem ficar na prateleira mas, depois de abertos, precisam de ir para o frigorífico.
  • Aproveite as sobras das refeições. Use a imaginação para criar novas refeições com os restos do almoço ou jantar ou procure online por ideias. Por exemplo: se sobrou frango assado do almoço, então à noite pode esfiar o frango e fazer uma massa. Também pode e deve fazer isto com alimentos que já estão a passar do ponto, como é o caso dos legumes ou fruta. Com os legumes faça sopa, com a fruta faça batidos ou algum bolo/tarte;
  • Habitue-se a deixar o frigorífico quase vazio antes de ir as compras. Se vai às compras ao sábado, então na quinta ou sexta feira abra o frigorífico e defina as refeições com o que tem;
  • Se sobrou muita comida de uma festa ou convívio, partilhe os excedentes com os amigos, colegas de trabalho ou vizinhos. Assim, pelo menos garante que o dinheiro que gastou não foi para o lixo.
  • Seja “realista” na confeção das refeições e não exagere nas quantidades. É bom para a sua carteira, mas também para a sua saúde.

_
Leia também: 8 Dicas Fundamentais para Poupar em 2021

Poupar ao reduzir o Desperdício Alimentar – A tecnologia pode ajudar!

A tecnologia pode ser uma boa aliada neste desafio de reduzir o desperdício alimentar e poupar algum dinheiro. Exemplo disso são aplicações como a To Good to Go, Phenix e a Good After. São mercados online onde é possível encomendar excedentes alimentares de supermercados, restaurantes, padarias e hotéis a preços reduzidos. As aplicações têm diferentes condições de comercialização e deve explorar qual aquela que melhor responde às suas necessidades alimentares. Lembre-se que o comprar através destes projetos, consegue unir o melhor dos dois mundos: poupar e combater o desperdício alimentar.
_
Leia também: Não consegue poupar? Estas 5 fórmulas podem ajudar!

Publicidade

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Publicidade

Comentar

Publicidade

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *