Construir Casa: tenha atenção a estas 4 etapas

Escrito por Conselhos do Consultor

17.06.21

}
6 min de leitura
Construir Casa Etapas

Tem o sonho de construir uma casa própria? Conheça algumas etapas importantes deste processo às quais deve dar especial atenção.

Construir uma casa é o sonho de muitas famílias. A possibilidade de desenhar cada canto da casa consoante as suas preferências e necessidades, é sem dúvida algo muito aliciante. Contudo, este também pode ser um grande desafio por causa das inúmeras etapas pelas quais precisa de passar e também pelo investimento necessário. Mas não é por essa razão que deve desistir do seu sonho. Deve sim ter o cuidado de fazer boas escolhas durante este processo para que no final tudo tenha valido a pena. Para o ajudar, reunimos neste artigo 4 etapas fundamentais que deve ter em conta antes de construir casa.

4 ETAPAS IMPORTANTES PARA QUEM VAI CONSTRUIR CASA

1) ESCOLHA UM BOM TERRENO

A primeira etapa para quem vai construir uma casa de raiz, é arranjar um terreno e encontrar o local certo para construir é fundamental. Caso já tenho um terreno, então aproveite essa vantagem. Contudo, confirme primeiro a viabilidade para construir nesse local. Se por outro lado precisa de comprar um terreno, então deve fazer uma escolha bem ponderada, até porque é um investimento elevado. Mais uma vez, certifique-se que o terreno está inserido numa área autorizada para construção. Para isso, deve fazer um Pedido de Informação Prévia (PIP) junto da Câmara Municipal onde se insere o terreno. A partir desse pedido, consegue saber se está ou não autorizado a construir e conhece quais são os condicionamentos legais (por exemplo, se existem restrições à construção). Esse pedido pode ser feito por qualquer interessado no terreno, não sendo exclusivo ao proprietário.

ANALISE COM CUIDADO AS CONDIÇÕES TERRENO

Depois, é necessário analisar com cuidado os acessos e qualidade do terreno. Confirme o acesso às linhas de saneamento e de eletricidade e todas as condições do terreno como o tipo de sol ou declive. O ideal é contar com a ajuda de um profissional entendido nesta matéria para evitar surpresas negativas no futuro.

Por fim, não se esqueça também que a localização terá influência no preço a pagar. Um terreno próximo da cidade ou da praia, por exemplo, à partida será mais caro do que um situado numa zona rural. Contudo, não deve olhar apenas para o preço quando tomar uma decisão. Lembre-se que está a construir uma casa que poderá ser para a vida toda.

_

Leia também: Casas Modulares: tudo o que precisa de saber!

2) ENCONTRE UM BOM ARQUITETO

O próxima etapa importante para construir casa é tratar do projeto de arquitetura. Esta é sem dúvida a fase mais importante para quem vai construir casa. Por isso, é fundamental que seja criterioso na escolha do arquiteto. Analise o portefólio do arquiteto e peça referências. Uma boa dica é encontrar um arquiteto que já tenha experiência a trabalhar com o município em que o seu terreno se insere. Como as normas de construção variam de município para município, isso vai ajudá-lo a poupar muito tempo e dores de cabeça.

Depois de escolhido do arquiteto, será então necessário realizar um levantamento topográfico e o projeto de arquitetura. Tudo isto deve ser aprovado pela Câmara Municipal local. Com tudo devidamente aprovado, passa-se à entrega dos projetos de especialidade, ou seja, os projetos de esgotos, água, gás, comunicações, eletricidade, entre outros (isto não se aplica se o terreno fizer parte de um loteamento com alguns projetos já aprovados). Por fim, a Câmara Municipal atribui a licença de construção.

_

Leia também: Comprar Casa: quais são os impostos a pagar?

3) DEFINA UM ORÇAMENTO

Ter um orçamento bem estruturado e realista é outra etapa essencial para quem vai construir casa. É necessário considerar várias despesas e prever o máximo de cenários possíveis para evitar surpresas negativas. Deixamos-lhe a seguir algumas dicas para criar o orçamento:

  1. Saiba quanto pode gastar com a casa: deve saber exatamente qual é a sua disponibilidade financeira para este investimento e se vai precisar de financiamento. Seja realista na suas contas para saber exatamente quanto pode gastar e qual o valor de crédito que pode assumir;
  2. Analise com cuidado o valor do terreno: quando escolher o terreno, perceba se o valor é justo. Para isso, informe-se sobre o valor dos terrenos e casas envolventes. Depois, não se esqueça que o preço por metro quadrado varia consoante a zona e a diferença pode ser muito significativa;
  3. Peça ajuda para contabilizar todos os gastos: construir uma casa não é só comprar um terreno e fazer obras. Há todo um conjunto de gastos que precisa de conhecer detalhadamente. Pode pedir ajuda, por exemplo, ao arquiteto com quem vai trabalhar. Ele saberá ajudá-lo a detalhar todas as despesas necessárias;
  4. Seja realista no plano da casa: é perfeitamente natural que queira uma casa com uma boa área, várias divisões e com tudo a que tem direito. Contudo, deve perceber se isso é compatível com o que pode gastar. Por isso, detalhe tudo o que gostaria na sua casa para perceber quanto é que isso lhe vai custar;
  5. Atenção aos métodos e materiais de construção: faça uma pesquisa sobre os métodos construtivos. Entenda o que existe atualmente e quais os custos de cada um. Deve também escolher materiais e acabamentos adequados à sua realidade financeira. Normalmente é neste ponto que acontecem as maiores surpresas negativas.

_

Leia também: Leasing Imobiliário: é uma boa opção para comprar casa?

4) PROCURE POR FINANCIAMENTO

A maior parte das pessoas que vai construir casa, precisa de recorrer a um crédito para a construção. Contudo, é preciso muita cautela nesta questão pois é necessário encontrar um equilíbrio entre o valor que se pede e o que se consegue pagar. Uma boa dica é calcular a sua taxa de esforço para perceber quanto pode assumir de crédito. Pode usar esta Calculadora de Taxa de Esforço gratuita para o fazer.

Depois, é necessário que perceba como funciona o crédito para a construção. Num crédito à habitação para a compra de um imóvel, o valor é disponibilizado na sua totalidade. Contudo, num crédito para construção, o valor é disponibilizado consoante o avanço das obras. Ou seja, o dinheiro vai sendo disponibilizado em diferentes fases. Para além disso, neste crédito também se estabelece um prazo para que a construção se inicie. Normalmente esse prazo é de 2 anos, mas pode ser superior em alguns bancos. Já as condições como a percentagem de financiamento e o prazo de pagamento, são muito idênticas ao Crédito à Habitação.

Por último, importa referir que muitos bancos só concedem o crédito para a construção. Ou seja, o crédito não abrange a compra do terreno.

Antes de escolher o crédito, o ideal será pedir uma simulação de crédito para auto-construção. Assim, de forma totalmente gratuita, tem acesso às condições de crédito e pode escolher de forma informada e ponderada.

_

Leia também: Crédito Habitação – Uma equipa de profissionais a trabalhar para si!

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *