Comprar Casa: 5 erros a evitar

Escrito por Cláudia Oliveira

13.10.21

}
6 min de leitura
Comprar Casa

Comprar casa é um passo importante para a vida pessoal e financeira de muitos portugueses. Contudo, é necessário garantir que toma as decisões certas para evitar problemas financeiros no futuro.

Comprar casa é o sonho de muitos portugueses, mas este é um passo que requer alguns cuidados. É perfeitamente normal que comece por escolher o imóvel dos seus “sonhos”, mas é preciso analisar a sua situação financeira, especialmente se vai contrair um Crédito à Habitação. Não, não lhe estamos a dizer para deixar de sonhar, mas sim para tomar decisões ponderadas e informadas antes de avançar.

Comprar Casa – 5 erros a evitar

1) Não conhecer o limite do seu orçamento

Antes mesmo de decidir comprar casa, precisa de analisar a sua situação financeira e estabelecer limites para o que vai gastar na compra da casa. Se vai precisar de um Crédito à Habitação, então é fundamental que se informe sobre as condições exigidas e o valor do financiamento que consegue suportar. Depois, não se esqueça que precisa de dar uma entrada e ter esse dinheiro disponível. Isto não significa que não possa visitar as casas primeiro, mas existe a probabilidade de estar a visitar casas que excedem o valor que consegue pagar. Por isso é que é tão importante conhecer primeiro os limites do seu orçamento.

Uma boa estratégia é começar por calcular a sua taxa de esforço para perceber qual a margem financeira para comprar uma casa através de crédito. Mesmo que não o queira fazer, é bom ter em mente que o banco o fará por si.

_

Leia também: Procurar Casa ou Crédito à Habitação – Qual o primeiro passo?

2) Não fazer contas aos impostos a pagar

A decisão de comprar casa deve sempre ser tomada com o conhecimento de todos os encargos associados. Para além do valor da casa, é preciso contabilizar os custos com os impostos, que têm um peso muito significativo. Infelizmente ainda existe uma grande fatia dos portugueses que não incluem os impostos nas suas contas para comprar casa e depois têm uma surpresa negativa. Por isso, não se esqueça de contar com:

  1. Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT)
  2. Imposto de Selo (IS)
  3. Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI)

Para além dos impostos, é preciso ter em conta outros encargos como é o caso da escritura. Por isso não se esqueça de incluir estes custos nas suas contas.

_

Leia também: Comprar Casa: quais são os impostos a pagar?

3) Não verificar o estado da casa

É perfeitamente natural que se deixe levar pelas fotografias da casa ou pela boa impressão com que fica na primeira visita. Contudo, comprar uma casa requer atenção a cada pormenor. Por isso, não tenha problemas em analisar minuciosamente cada parte da casa durante a visita. Verifique o estado das instalações de água, gás e eletricidade. Procure por problemas como fissuras, sinais de humidade nas paredes ou degradação dos materiais. Lembre-se que todos estes problemas lhe podem trazer elevados gastos no futuro.

_

Leia também: Casa nova com defeitos? Saiba como reclamar!

4) Não pedir a documentação da casa

Depois de escolher a casa que vai comprar, é essencial que tenha acesso à documentação relacionada com a mesma.  Esta documentação, para além de ser importante para dar seguimento à compra, também lhe vai permitir confirmar se existem encargos como hipotecas ou penhoras por resolver. Eis alguns dos documentos que é importante reunir:

  1. Certidão de Teor: a certidão de teor é um documento de identificação legal da casa que inclui informações como a localização, histórico de proprietários, dados sobre vendas, hipotecas, penhoras, entre outros encargos sobre o imóvel. Esta certidão pode ser obtida no portal do Registo Predial Online ou  presencialmente numa conservatória do registo predial.
  2. Ficha Técnica da Habitação: este documento descreve as principais características técnicas e funcionais da casa e deverá ser solicitada diretamente à Câmara Municipal onde se localiza a casa.
  3. Caderneta Predial: a caderneta predial é um documento fiscal disponibilizado pelas finanças aos proprietários de imóveis. Esta documento é importante para conhecer a situação fiscal do imóvel, os ddados da sua avaliação e o IMI está regularizado. A caderneta predial pode ser obtida no Portal das Finanças ou então presencialmente numa repartição das finanças.
  4. Certificado Energético: o certificado energético permiti-lhe conhecer a classificação do imóvel consoante o seu desempenho energético. Isto é um bom indicador para o conforto da casa ou possíveis gastos que poderá ter (ou não) com aquecimento, por exemplo. Peça o certificado energético ao vendedor pois ele é obrigado a tê-lo para vender a casa.
  5. Historial do Condomínio: se comprar um apartamento incluído num condomínio, é importante saber o seu historial (atas da assembleia e regulamento). Peça ao vendedor para lhe fornecer essa informação para saber aspetos como despesas aprovadas para obras, valor das quotas, entre outros.

A somar a estes, é ainda importante ter acesso à licença de utilização junto da Câmara Municipal onde se localiza a casa. Isto vai-lhe permitir saber se a obra esta legalizada e se existem áreas construídas sem autorização. As plantas da casa também podem ser importantes para saber detalhadamente a distribuição e as medidas das divisões da casa.

_

Leia também: Mudar de Casa: 7 obrigações a tratar depois da mudança

5) Tomar decisões sem perceber ou pedir ajuda

Vai comprar casa e não percebe como funciona o processo? Precisa de um Crédito à Habitação e não entende os conceitos de spread, taxa fixa, taxa variável ou Euribor? Não sabe como funcionam os seguros associados ao crédito? E como deve calcular os impostos a pagar? Estas são apenas algumas das muitas dúvidas que se levantam na altura de comprar casa. Durante todo o processo, especialmente se recorrer a um crédito, vai ter de tomar decisões importantes. Por isso, não avance sem primeiro perceber como tudo funciona. Peça ajuda a um especialista, como um intermediário de crédito, por exemplo. Por falta de conhecimento e capacidade de negociação, ainda são muitos os portugueses que acabam por não conseguir as condições mais vantajosas no Crédito à Habitação. Lembre-se que comprar casa é uma decisão com grande impacto na sua vida e por isso não deve avançar nem assinar nada se tiver dúvidas.

_

Leia também: Como escolher a melhor proposta de Crédito à Habitação?

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *