Retenção na Fonte 2022 – Conheça as tabelas

Escrito por Conselhos do Consultor

03.12.21

}
2 min de leitura
Retenção na Fonte 2022

Já são conhecidas as Tabelas de Retenção na Fonte para o próximo ano 2022. Conheça o que vai mudar relativamente a 2021.

O Governo publicou hoje, 3 de Dezembro, em Diário da República as novas tabelas de retenção na fonte a aplicar aos rendimentos do trabalho dependente e de pensões em 2022.

Tabelas de Retenção na Fonte para 2022

As novas tabelas de retenção na fonte para 2022 podem ser consultadas aqui

A divulgação das tabelas vem no seguimento da aprovação da subida do salário mínimo para os 705 euros já a partir de janeiro de 2022. De acordo com o comunicado do Governo, “a atualização da remuneração mínima mensal garantida, referencial para aplicação do mínimo de existência, determina o ajustamento das tabelas de retenção na fonte de IRS para 2022. Em consequência, um maior número de contribuintes fica dispensado ou vê substancialmente reduzido o pagamento deste imposto”. Para comprovar isso, o Governo divulga ainda uma tabela comparativa entre 2021 e 2022:

Retenção na Fonte 2022

Tabela comparativa da retenção na fonte 2021 e 2022 (Fonte: Governo)

De uma forma resumida, uma pessoa com uma remuneração bruta mensal de 710 euros passa a estar isenta da retenção na fonte em 2022. Acima desses 710, verifica-se uma redução da percentagem de retenção comparativamente a 2021.

Tal como nos anos anteriores, o Governo também divulgou várias simulações da aplicação das novas tabelas:

SIMULAÇÃO 1: NÃO CASADO

Um solteiro (não casado) sem dependentes com um salário de 900 euros passará a descontar menos 1 euro por mês. Já se o salário chegar aos 2.500 euros, então a redução é de 5 euros.

Simulação Casado

SIMULAÇÃO 2 – CASADO, DOIS TITULARES

Um casado (dois titulares) com um dependente com um salário de 900 euros passará a descontar menos 1 euro por mês. Já se o salário chegar aos 2.500 euros, então a redução é de 5 euros.
 Simulação Casado 2 Titulares

SIMULAÇÃO 3 – PENSIONISTA

Um pensionista casado (1 titular) sem dependentes com uma pensão de 710 euros deixa de pagar IRS (poupança de 89 euros). O mesmo acontece para um pensionista casado (2 titulares), que também deixa de pagar IRS e a poupança é ainda mais significativa (menos 398 euros).

Simulação Pensionista

_

Leia também:  Benefícios fiscais dos PPR: Quanto pode poupar no IRS de 2021?

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.