Arrefecimento da Casa – 12 Dicas para poupar

Escrito por Conselhos do Consultor

16.08.22

}
6 min de leitura
Arrefecimento da casa

Verão e dias quentes exigem estratégias para manter a casa mais fresca sem fazer disparar a conta de eletricidade. Descubra algumas dicas para poupar.

Um dos problemas mais frequentes nas casas em Portugal é a temparatura. No inverno podem ser demasiado frias, no verão demasiado quentes. Uma das soluções mais práticas é o sistema de ar condicionado. Contudo, nem todas as famílias têm essa opção e, mesmo para quem tem, isso pode representar um gasto significativo na fatura mensal. A pensar nisso, reunimos algumas dicas simples de aplicar que, para além de ajudarem no arrefecimento da casa, também ajudam a poupar algum dinheiro no final do mês.

Arrefecimento da Casa – 12 Dicas para Poupar

1. Feche as janelas durante o dia

Este é um erro muito frequente de quem quer arrefecer a casa no verão – deixar as janelas abertas durante todo dia para entrar o ar exterior. Acontece que, em dias muito quentes, as temperaturas no exterior são bem superiores às do interior das casas. Ou seja, ao deixar as janelas abertas todo o dia, a casa irá aquecer ainda mais. Isto é igualmente válido para os estores. Mantenha os estores para baixo para não deixar entrar a luz solar, que pode aumentar significativamente a temperatura da casa.

2. Abra as janelas à noite e de manhã cedo

E agora que fechou as janelas durante o dia, deve abri-las ao final do dia ou à noite ou assim que note que as temperaturas estão a baixar e e que já começa a correr algum ar fresco.

Tenha especial atenção no facto de não precisar de fechar as janelas e os estores mal amanheça. Deve fazê-lo assim que a temperatura no exterior comece a ficar mais elevada ou o sol a incidir nas janelas. Se sair de casa cedo, então feche tudo antes de sair. Aproveite o ar fresco das manhãs para continuar a arrefecer a casa.

3. Desligue os aparelhos eletrónicos

Para além do calor exterior, a casa também aquece com os diversos aparelhos eletrónicos que estão ligados. Procure desligá-los sempre que não forem necessários e, obviamente, antes de sair de casa. Dessa forma evita o sobreaquecimento da casa. Para além disso, desligue também as luzes quando não forem necessárias.

4. Evite algumas atividades

Atividades como ligar o forno na cozinha ou a máquina de secar a roupa são perfeitamente evitáveis durante o verão, especialmente durante o dia. Estes aparelhos, além de provocarem o aquecimento da casa, ainda lhe fazem gastar mais na fatura de eletricidade.

Aproveite o bom tempo de verão para secar a roupa no lado exterior da casa ou onde o sol incidir e, por exemplo, faça cozinhados mais simples e rápidos ou utilize o seu grelhador na parte exterior da casa.

O mesmo se aplica à toma de duches. Troque os duches quentes pelos duches mais frios e, se possível, faça-os à noite para evitar que o vapor quente do banho aqueça a casa. Também poderá poupar se evitar usar o secado de cabelo nesta altura.

5. Procure passar mais tempo no cómodo mais fresco

É um dica bastante simples, mas igualmente eficaz para poupar alguns euros no arrefecimento da sua casa. Se por acaso tem um ou mais cómodos que são mais frescos nesta altura devido, por exemplo, à construção, localização ou à existência de mais ou menos janelas, então procure passar mais tempo nesse cómodo. Tire proveito dessa vantagem para o seu conforto e para evitar aquecer outras partes da casa. Em muitas habitações, o piso inferior é sempre o mais fresco da casa por estar mais próximo do solo.

6. Use roupa fresca

Chegou a casa do trabalho ou da rua? Então troque a sua roupa, tire o calçado e vista algo mais fresco. Se necessário, tome um banho fresco. Ao fazer isto vai reduzir a sensação de calor provocada pelo exterior.

É muito comum existir o erro de ligar logo o ar condicionado no máximo mal se entra em casa. O problema é que isso pode representar um gasto totalmente desnecessário.

7. Utilize a ventoinha de forma estratégica

Sabe como a ventoinha pode ajudar a expulsar o ar quente da casa? Se posicionar uma ventoinha numa janela a apontar para fora (face do ventilador contra a janela), estará a levar o ar quente de dentro para fora do cómodo e a ajudar que o ar frio entre. Dessa forma, evita o use contínuo do ar condicionado e consegue manter a casa mais fresca, ao mesmo tempo que reduz a sua despesa mensal.

É importante relembrar que esta dica é apenas aplicável quando a temperatura exterior for inferior à interior. Experimente fazê-lo ao final do dia ou à noite.

8. Troque as lâmpadas

De acordo com o jornal espanhol ABC, as lâmpadas led são uma opção eficiente para evitar o aumento da temperadura da casa porque possuem baixos níveis de aquecimento. Para além disso, também ajudam a poupar na fatura da eletricidade.

9. Tenha algumas plantas em casa

As plantas verdes ajudam a humificar o ar da casa, como é o caso da ficus. Também pode optar por ter algumas árvores ou trepadeiras no exterior da casa. Se forem colocadas em lugares estratégicos, podem garantir sombras naturais.

10. Use guarda-sol ou toldos

Se já possui varandas ou espaços exteriores, uma boa dica é a inclusão de toldos ou um guarda-sol. Dessa forma, protege a casa da incidência do sol e ainda consegue criar áreas exteriores onde poderá passar mais tempo, evitando estar dentro de casa com o ar condicionado sempre ligado.

11. Use uma ventoinha de teto

Em alternativa ao ar condicionado (ou depois de desligar), ligue uma ventoinha de teto ou de pé para circular o ar. Garanta um movimento anti-horário da ventoinha para retirar o ar quente do solo.

12. Tem ar condicionado? Tenha a manutenção em dia!

Faça uma manutenção periódica do seu sistema de ar condicionado e garanta a limpeza regular do filtro. Ao fazê-lo, estará a garantir que funciona eficazmente e sem desperdícios.

Arrefecimento da casa – Já sabe como pode poupar e reduzir as despesas?

Se aplicar estas pequenas dicas e truques, verá uma diferença significativa na fatura ao final do mês. Se por acaso está a pensar construir uma nova casa ou fazer obras na atual, não se esqueça de se informar das melhores opções para poupar no arrefecimento e no aquecimento da sua casa. Opte, por exemplo, pelo isolamento térmico, vidros de proteção solar, posicionar a casa de forma estratégia consoante a inclinação do sol, colocar plantas e árvores e até a inclusão de varandas. São várias as opções que pode e deve ter em conta na hora de construir ou fazer obras. Apesar de exigir um investimento inicial mais elevado, a longo prazo será muito vantajoso para poupar e para ter mais conforto.

_

Leia também: 8 Dicas para Poupar na Fatura de Eletricidade

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.