Crédito Consolidado – Como funciona? Vale a pena?

Escrito por Cláudia Oliveira

17.03.22

}
5 min de leitura
Crédito Consolidado como funciona

O crédito consolidado é uma solução financeira especialmente importante para quem está com dificuldades em pagar as prestações mensais dos créditos. Entenda como funciona na prática.

O crédito consolidado é uma solução que lhe permite juntar todos os créditos num só. Ou seja, ao invés de ter várias prestações mensais, passa a ter apenas uma. Por ser uma solução que ajuda ao cumprimento do pagamento das prestações, tem sido muito procurada, especialmente por quem se encontra numa situação financeira mais débil e em risco de entrar em incumprimento com os pagamentos. Entenda a seguir como funciona o crédito consolidado.

Como funciona o crédito consolidado?

Ao juntar todos os créditos através da solução de crédito consolidado, consegue ficar a pagar apenas uma prestação com melhores condições. Imagine que tem um crédito automóvel e a dívida do cartão de crédito. Neste caso, consegue agregar todas as mensalidades e pagar apenas uma mensalidade. Em termos práticos, ao invés de ficar a pagar diferentes prestações, em diferentes momentos, com diferentes valores, passa a pagar uma única prestação com um prazo de pagamento fixo.

Mas afinal quais são as vantagens disso?

  • Uma redução significativa da taxa de esforço através da redução da prestação mensal. A redução do valor dos seus créditos pode chegar aos 50 ou 60%;
  • A aplicação de uma única taxa de juro inferior às anteriores;
  • Uma única data de pagamento: se possui várias prestações mensais com diferentes datas de pagamento, terá maior praticidade no pagamento dado que só terá uma prestação com uma data de pagamento fixa;
  • Aumento do prazo de pagamento;
  • Liquidez adicional e maior estabilidade financeira: com o dinheiro que volta a ter disponível depois da redução das prestações mensais, é então possível começar a criar uma poupança ou fundo de emergência para situações imprevistas.

Mas atenção: o crédito consolidado também tem as suas desvantagens. Um aumento do prazo do crédito, também significa mais tempo a pagar juros. Por isso, quanto maior for o prazo, maior tende a ser o custo total com os juros.

Onde fazer o crédito consolidado?

Deve fazer o crédito consolidado na instituição financeira que lhe ofereça as melhores condições. Deve sempre comparar diferentes propostas antes de escolher. Utilize a FIN (Ficha de Informação Normalizada) para analisar e comparar as diferentes propostas. Este documento é-lhe cedido pelos bancos e contém todas as condições das propostas. Tenha especial atenção a:

Existe algum critério para o crédito consolidado ser aceite?

Sim. O crédito consolidado não é uma solução viável para todos. O crédito consolidado não é uma opção quando:

  • Só existe um crédito ativo. Precisa de ter dois ou mais créditos para conseguir a consolidação. Se só tem um crédito e está com dificuldades em pagá-lo, conheça algumas opções para reduzir a prestação mensal e evitar entrar em incumprimento;
  • O cliente já se encontra em incumprimento com o pagamento das prestações de um ou mais créditos;
  • Não existe uma situação profissional estável. O banco vai ter em conta quem está desempregado ou numa situação profissional incerta e com baixos rendimentos;
  • A soma dos créditos é inferior a 5000 euros;
  • O cliente tem mais de 60 anos. Pode não ser impossível, mas será mais difícil conseguir se tiver uma idade avançada.

Crédito Consolidado – Pondere bem antes de avançar e não hesite em pedir ajuda!

A decisão de avançar para um crédito consolidado exige sempre ponderação e uma análise pessoal. Apesar de ter vantagens imediatas para quem está numa situação financeira débil, esta solução pode ser mal aproveitada. É preciso olhar para o crédito consolidado como uma nova oportunidade para organizar a vida financeira. Por isso é importante que aproveite a liquidez adicional para poupar, ao mesmo tempo que se esforça para reduzir o consumismo. Não são raros os casos que, após a consolidação de créditos, voltam a contrair dívidas.

Por fim, e como em tudo, é preciso fazer contas. É preciso entender na prática qual a redução mensal das prestações que vai conseguir no seu caso e qual o impacto do aumento do prazo de pagamento. Também é preciso não esquecer que existem sempre custos contratuais. Para isso, o nosso conselho é simples: peça ajuda! Existem vários profissionais dedicados à intermediação de crédito que podem fazer toda a diferença na proposta de crédito consolidado que vai conseguir. Porquê? Porque estão mais do que habituados a negociar com os bancos e acredite, isso faz toda a diferença. Se preferir, pode preencher este formulário para receber uma proposta de crédito consolidado através da nossa rede de parceiros (não, não tem qualquer custo). 

_

Leia também: Renegociar ou Consolidar Créditos – Qual a melhor opção?

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *