Sabia que pode usar o PPR para pagar o Crédito Habitação?

Escrito por Cláudia Oliveira

28.01.22

}
3 min de leitura
PPR Crédito Habitação

O principal objetivo do PPR é, naturalmente, poupar para a reforma. No entanto, sabia que é possível usá-lo para outras situações sem sofrer penalizações?

Quem decide subscrever um Plano de Poupança-Reforma (PPR) tem como objetivo criar uma almofada financeira para a reforma. Existem também aqueles que possuem um PPR por indicação do banco com o objetivo de baixar o spread do Crédito Habitação. Se é o seu caso, o que deve ter em mente é que está na mesma a criar uma poupança para a reforma, o que é sempre algo positivo. Ainda assim, é importante conhecer as possibilidades que o PPR lhe pode trazer. Já alguma vez lhe explicaram que pode usar o PPR para pagar a prestação do Crédito Habitação?

USAR O PPR PARA PAGAR O CRÉDITO HABITAÇÃO

O valor do PPR pode ser levantado, sem qualquer penalização, em situações específicas. Doença grave, desemprego de longa duração ou idade superior a 60 anos são algumas das situações mais conhecidas. No entanto, desde 2013 que é possível usar os PPR para pagar as prestações da casa sem qualquer penalização. Mas existe uma regra essencial: é preciso que tenham passado 5 anos desde que subscreveu o PPR. Para além disso, o valor das entregas na primeira metade do contrato deve representar mais do que 35% da totalidade das mesmas. 

Para perceber na prática como funciona, vamos deixar um exemplo elaborado pelo Pedro Andersson:

Imagine que uma família colocou 1.000 euros num PPR em 2015. Nesse ano recebeu de dedução fiscal no IRS de 20% do que investiu (200 euros). Se o PPR cresceu 5% ao ano em média (que existem, só tem de os procurar) em 2020 terá de juros líquidos mais 258 euros. Ou seja, por ter feito o PPR em 2015 ganhou – em 5 anos – 458 euros.

Agora a melhor parte. Como em 2020 já passaram 5 anos desde que investiu aqueles 1.000 euros pode usar os tais 1.458 euros para pagar mensalmente as prestações da casa sem qualquer penalização. Se pagar cerca de 350 euros por mês de prestação ao banco terá 4 prestações pagas e uma delas sairá de graça porque foi paga pelo reembolso do Estado e pelos juros que rendeu o PPR. Percebeu o raciocínio?

Se fez o mesmo em 2016, repete isto em 2021 e assim por diante. Se nunca o fez e o fizer este ano, a partir de 2025, nestas condições, terá sempre uma prestação da casa “oferecida” pelo seu PPR.

Tem, naturalmente, de fazer as contas aos seus valores. O seu PPR pode não render quase nada, ou o seu reembolso do IRS pode já estar todo coberto pelas outras deduções e fazer o PPR ou não fazer pode ser igual a zero.

Assim sendo, se tiver dinheiro num PPR que foi entregue há mais de 5 anos, pode usá-lo para pagar a prestação do Crédito Habitação. Mas atenção: não estamos a dizer que o deve fazer. Queremos apenas que saiba que o pode fazer caso precise. Lembre-se que o objetivo do PPR é criar uma poupança para a reforma e é nisso que deve pensar, principalmente se o PPR estiver a render bem.

Se por acaso decidir fazê-lo, deve então procurar o seu banco e informar-se do procedimento a tomar. O mais comum é que o banco onde tem o crédito lhe entregue uma declaração com o valor da prestação e o IBAN. Depois, entrega esse documento na instituição onde tem o PPR para eles tratarem do pagamento. Se por acaso tem o crédito e o PPR no mesmo banco, o processo deve ser mais simples. Em todo o caso, é mesmo importante que se informe junto do seu banco.

Não deixe de assistir ao episódio dos 3 Consultores onde explicamos como funciona o pagamento das prestações do Crédito Habitação através dos PPR:

_

Leia também: Benefícios fiscais dos PPR: Quanto pode poupar no IRS de 2021?

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

4 Comments

  1. RS

    Se o PPR não tiver sido colocado no irs para beneficio fiscal e já tiver mais de 5 anos poderei utiliza-lo para pagar as prestações do CH?
    Não tenho de pagar imposto aquando do levantamento?
    Tenho 2 creditos (CH+Multifunções) com hipoteca da minha habitação, só posso pagar prestações relativas ao CH e não ao total (CH+MF)?

    Reply
    • CFinanceiro

      Tem de pagar imposto apenas sobre as mais valias!

      Reply
    • CFinanceiro

      Na desmobilização do PPR é que feita a cobrança das mais valias.

      Reply
  2. Rafael

    No momento do pagamento da prestação, sai apenas do PPR o valor da prestação, ou a prestação + a taxa liberatória?
    Ou estes pagamentos de prestações de CH servem como uma fiscalidade 0 de mais valias?

    Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *