SNS Grávida – Disponível nova linha de atendimento

Escrito por Conselhos do Consultor

05.06.24

}
3 min de leitura
SNS Grávida

Foi lançada uma nova linha do Serviço Nacional de Saúde destinada às grávidas. Entenda como funciona a nova linha SNS Grávida.

Uma das medidas anunciada no “Plano de Emergência e Transformação na Saúde” foi a criação de um canal de atendimento direto para a grávida, alavancando na linha SNS 24. O SNS Grávida surge assim com o objetivo de “organizar o circuito da grávida, em particular em situações de urgência, garantindo uma resposta de qualidade e segurança”, conforme explica o Governo. Desde o início de junho que as grávidas já podem recorrer ao novo canal de atendimento.

Como funciona a linha SNS Grávida?

SNS Grávida

Para utilizarem o SNS Grávida, as grávidas devem ligar para o SNS 24 (808 24 24 24). Depois, são encaminhadas para a urgência de ginecologia/obstetrícia mais próxima. O objetivo principal é assim dar resposta à procura de Urgências de Ginecologia/Obstetrícia, uma das áreas do SNS onde se têm verificado várias dificuldades.

No Plano de Emergência e Transformação na Saúde é possível entender melhor o funcionamento desta linha. O Governo clarifica que este novo canal serve para:

a) Privilegiar a comunicação direta com a grávida via a criação de linha telefónica diferenciada, para a referenciação urgente, ou para a maternidade acordada com o médico obstetra assistente, ou no âmbito da disponibilidade da rede global de maternidades, privilegiando a comunicação direta com a grávida como medida de maior proximidade junto da utente;

b) Organizar o circuito da grávida, em particular em situações de urgência, garantindo uma resposta de qualidade e segurança.

É então esperado que esta nova linha permita um atendimento diferenciado e ágil, garantido maior segurança para as grávidas, especialmente em situações de urgência. Para além disso, para as grávidas em localidades mais deslocadas, este canal torna-se especialmente útil para um apoio mais célere.

É ainda importante esclarecer uma situação evidenciada no plano:

Nas situações em que a utente grávida se desloque diretamente e pelos próprios meios a uma unidade de urgência que não tenha capacidade de resposta, deverá ser da responsabilidade da entidade a articulação com o INEM para que a utente seja encaminhada para uma outra unidade com capacidade confirmada, salvaguardando o suporte e acompanhamento necessário no período de espera.

_

Leia também: Seguro e Plano de Saúde – Qual é a diferença?

Guia do SNS para Grávidas

No portal do SNS é possível encontrar um guia completo de esclarecimento de várias dúvidas sobre a gravidez. O guia está inserido no programa “Janela Aberta à Família”, um projeto público e gratuito da responsabilidade conjunta da Direção-Geral da Saúde. O objetivo é ajudar os pais nos cuidados pré-natais e nos cuidados após o nascimento do bebé. Pode consultar toda a informação aqui.

_

O conteúdo apresentado não substitui a necessidade de consultar entidades especializadas no assunto.

Quer receber os nossos artigos em primeira mão? Junte-se ao nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *