Taxa fixa, variável ou mista no crédito habitação – Qual é a diferença?

Escrito por Cláudia Oliveira

30.03.22

}
3 min de leitura
taxa fixa crédito habitação

Uma das decisões mais importantes no crédito à habitação é a escolha da taxa de juro, que pode ser fixa, variável ou mista. Entenda as diferenças entre estas taxas.

Contratar um crédito à habitação é o processo que envolve diferentes etapas e decisões importantes. Entre essas decisões está a escolha da taxa de juro a aplicar: variável, fixa ou mista. Como se trata de um crédito de vários anos, esta decisão deve ser bem ponderada pois a taxa de juro tem impacto na prestação mensal a pagar durante todos esses anos.

Taxa fixa, variável ou mista – Qual é a diferença?

TAXA VARIÁVEL

A taxa variável, tal como o nome indica, é uma taxa que se vai alterando ao longo do crédito à habitação. Isso acontece porque a taxa variável resulta da soma do spread e do indexante (Euribor).

O spread nada mais é do que a margam de lucro do banco e pode variar de banco para banco e também de cliente para cliente. O banco define o spread com base no perfil do cliente, no risco que ele representa, nas garantias que dá e também no Loan-To-Value (LTV). Apesar do spread não variar ao longo do empréstimo, o cliente pode tentar renegociá-lo durante o contrato. 

Por outro lado, a Euribor é a componente variável na taxa variável. Por isso, se subir, a taxa de juro também aumenta (e, por consequência, a prestação a pagar). O mesmo acontece num cenário inverso ou seja, quando desce, a prestação também baixa. E como é que é feita essa atualização? Isso vai depender do prazo da Euribor escolhido para o crédito, que pode ser de 1, 3, 6 ou 12 meses. Se o indexante do seu empréstimo for a Euribor a 6 meses, por exemplo, então só de 6 em 6 meses é que o valor da prestação será revisto e atualizado. Como? Nesse momento, o valor da Euribor é calculado com base na média aritmética simples do mês anterior e fica a vigorar durante o período seguinte.

Taxas Euribor Atualizadas

Quer acompanhar os valores atualizados das taxas Euribor? Pode fazê-lo aqui. Disponibilizamos informação sempre atualizada das taxas Euribor a 1, 3, 6 e 12 meses.
_

TAXA FIXA

Nos créditos com taxa fixa, a taxa de juro não varia durante o prazo de pagamento acordado. Ou seja, o cliente paga sempre a mesma prestação mensal. Ao contrário do que acontece na taxa variável, as variações da Euribor não afetam a taxa fixa.

A taxa fixa pode ser uma boa opção para quem prefere a segurança de saber saber exatamente quanto vai pagar de prestação mensal. Cabe à instituição financeira definir a taxa fixa a aplicar no crédito, consoante a situação de cada cliente e o risco que representa.

TAXA MISTA

A taxa mista nada mais é do que a combinação da taxa variável com a taxa fixa. O cliente pode optar por, nos primeiros anos do contrato ter a taxa fixa e depois passar para taxa variável. Ou seja, nos primeiros anos a prestação será sempre igual e depois passará a variar consoante a Euribor. Tudo isto é definido entre o cliente e a instituição financeira.

No nosso canal de Youtube encontra dois vídeos sobre o impacto da taxa fixa e variável no crédito à habitação:

 

_

Leia também: Crédito Habitação: está na altura de mudar para Taxa Fixa?

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *