Economia para tod@s – Concurso do Banco de Portugal

Escrito por Conselhos do Consultor

09.02.24

}
3 min de leitura
Novo Concurso Economia para tod@s do Banco de Portugal

O Banco de Portugal lançou o concurso “Economia para tod@s”. As candidaturas terminam a 31 de março.

Com o objetivo de promover o conhecimento dos mais jovens na área da economia, o Banco de Portugal lançou em janeiro o concurso “Economia para tod@s”. Através deste concurso, o Banco de Portugal quer patrocinar, num momante até 40 000 euros, a ideia vencedora. Entenda a seguir como funciona.

Concurso “Economia para tod@s” – Como funciona?

O concurso “Economia para tod@s” destina-se a premiar a melhor ideia para o “desenvolvimento de materiais didáticos” que sirvam para estimular os jovens a aprenderem conceitos base de economia e gestão financeira de forma mais lúdica, tal como explica o Banco de Portugal. Entre esses materiais podem estar, por exemplo, jogos de tabuleiro, livros ou outros materiais, em versão física ou digital. Contudo, o regulamento define que esses materiais devem ser pensados para jovens dos 12 e aos 18 anos.

Quem se pode candidatar?

Podem-se candidatar empresas, instituições de ensino superior e entidades de utilidade pública. “As candidaturas podem ser apresentadas a título individual ou em parceria com outras entidades elegíveis”, tal como clarifica o Banco de Portugal.

Qual o “prémio”?

Para a ideia selecionada, o Banco de Portugal irá conceder um patrocínio, com um limite de 40 000 euros, destinado à concretização da ideia, ou seja, à criação e produção dos materiais pedagógicos.

_

Leia também: Como promover a literacia financeira nos jovens?

Como realizar a candidatura?

A candidatura deve ser submetida online através deste formulário do Banco de Portugal. É através deste formulário que são submetidos os documentos exigidos no regulamento. Após a submissão da candidatura, os candidatos recebem um comprovativo de confirmação.

Na avaliação da ideia apresentada, o júri terá em consideração:

  1. Qualidade do projeto: são avaliadas as características lúdicas e didáticas do projeto e a sua adequação aos jovens;
  2. Impacto e potencial: é considerada a capacidade do projeto colmatar lacunas existentes na educação e literacia económica dos jovens;
  3. Criatividade e inovação: é valorizada a utilização de novas metodologias, processos ou procedimentos que tornem o projeto mais inovador. Na prática, são valorizadas soluções que se diferenciem do que já existe no mercado (não são aceites projetos que já estão em prática no mercado).
  4. Potencial de escalabilidade: os candidatos devem demostrar que existe mercado para o projeto e que têm capacidade para o fazer crescer de forma sustentável.

Qual o prazo?

O prazo de candidaturas iniciou a 15 de janeiro de 2024 e termina a 31 de março de 2024.

Para que acompanhe todas as etapas do concurso, deixamos a seguir o calendário disponibilizado pelo Banco de Portugal:

Concurso Economia para tod@s do Banco de Portugal

Se lhe restar qualquer dúvida sobre o concurso “Economia para tod@s”, aconselhamos que consulte:

_

O conteúdo apresentado não substitui a necessidade de consultar entidades especializadas no assunto.

Quer receber os nossos artigos em primeira mão? Junte-se ao nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *