Como escolher o melhor Crédito Consolidado?

Escrito por Cláudia Oliveira

29.03.22

}
3 min de leitura
Melhor crédito consolidado

Consolidar créditos permite-lhe juntar várias prestações numa única mensalidade mais baixa. Porém, é preciso saber escolher a melhor proposta.

Se tem mais do que um crédito e paga várias prestações, então a consolidação de créditos pode ser uma opção a ter em conta. A consolidação de créditos é especialmente importante para quem começa a ter dificuldades em cumprir com os pagamentos dos diferentes créditos. Apesar de ter mais vantagens do que desvantagens, esta é uma opção que requer alguma ponderação. Neste artigo explicamos-lhe quais os aspetos que deve ter em conta para encontrar a proposta mais vantajosa.

Como escolher o melhor crédito consolidado?

Ao consolidar créditos, consegue juntar num só todas as prestações dispersas pelas várias instituições financeiras. E qual a vantagem disso? A vantagem principal é que fica a pagar uma pretação mensal mais baixa devido à taxa de juro inferior. Contudo, deve saber que o prazo do crédito também é alargado e isso, naturalmente, significa mais anos a pagar juros. Para entender como funciona o crédito consolidado consulte o nosso artigo Crédito Consolidado: Como funciona? Vale a pena?”.

Para escolher a proposta de crédito consolidado mais vantajosa deve analisar qual das instituições de crédito lhe garante as melhores condições. Isto é verdade para qualquer crédito que vá solicitar. No caso do crédito consolidado, siga estas dicas:

1) Compare os juros e outros custos

Comece por comparar a Taxa Anual de Encargos Efetiva Global (TAEG) e Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC). Estes indicadores permitem-lhe saber todos os reais custos do crédito: juros, impostos e comissões. Para além disso, tenha em mente que consolidar os créditos só é uma boa opção se a taxa de juros do crédito consolidado for inferior à média das taxas de juros de todos os créditos.

2) Atenção ao prazo do pagamento

Uma das desvantagens do crédito consolidado é o alargamento do prazo de pagamento. Por isso, é essencial fazer algumas contas e perceber se o prazo sugerido não significa que no final vai pagar muito mais. Deve aceitar um prazo que lhe seja vantajoso. Lembre-se que, quanto mais rápido pagar o crédito, menor será o custo total.

3) Avalie se consegue pagar a nova prestação

Se vai consolidar créditos porque está com dificuldades em pagar as diferentes prestações, então é importante que aceite uma prestação que consiga pagar. Contudo, a prestação mensal mais baixa não é um bom indicador para perceber qual a proposta mais barata pois não representa o custo total do crédito. Pode conseguir uma prestação baixa, mas isso pode significar um MTIC muito elevado. Tenha cuidado com isso!

4) Peça ajuda

Comparar as diferentes condições e negociar com o banco normalmente não são tarefas simples, principalmente para quem não domina o assunto. A nossa última dica é que peça ajuda para conseguir as melhores condições. Se prefeir, pode preencher este formulário para receber uma proposta de crédito consolidado (não, não tem qualquer custo). Graças à nossa rede de parceiros, irá receber uma proposta gratuita adaptada ao seu caso e sem qualquer compromisso.

Um crédito consolidado nunca deve ser realizado sem uma análise aprofundada para perceber quanto é que isso lhe custará a longo prazo. Por fim, lembre-se também que um crédito consolidado pode ser muito útil, mas é necessário que o use para poupar e melhorar a sua situação financeira.

_

Leia também: Crédito consolidado – Juntar os seus créditos? Saiba como o pode fazer!

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *