Crédito Habitação Jovem – Vale a pena?

Escrito por Cláudia Oliveira

22.07.22

}
3 min de leitura
Crédito Habitação Jovem

O crédito habitação para jovens é uma solução que pode ter algumas vantagens, embora seja cada vez mais difícil encontrar esta opção junto dos bancos.

Comprar casa é um dos principais objetivos dos jovens. Contudo, nem sempre é fácil conseguir reunir todas as condições financeiras para assumir essa obrigação. Uma das opções que pode ajudar é o crédito habitação jovem que com condições especiais destinadas aos jovens.

Crédito Habitação Jovem – Como funciona?

Um crédito habitação jovem nada mais é do que um crédito com algumas condições especiais para os jovens. Entre essas condições especiais pode estar a redução do spread (spread bonificado) ou a isenção de várias comissões, por exemplo. Estas condições especiais variam de banco para banco.

Para terem acesso a este crédito habitação jovem, os jovens não podem ter mais de 35 anos (condição exigida nas ofertas do mercado disponíveis atualmente). Isto significa que, no caso de um casal, os dois não podem ultrapassar esse limite de idade. Se um dos elementos já tiver 36 anos, por exemplo, então já não há lugar ao crédito habitação jovem.

Apesar de ser uma solução que pode ser interessante para os jovens, é cada vez mais difícil encontrar esta opção junto dos bancos. Até à data, apenas encontramos dois bancos com esta opção: Novo Banco e o ActivoBank. No primeiro aplica-se a redução de 0.1% no spread para clientes até 35 anos. No segundo aplica-se a isenção das comissões iniciais (comissão de avaliação, comissão de formalização e comissão de dossier), também para clientes até os 35 anos.

Vale a pena?

A resposta é: depende! Como a oferta no mercado é tão reduzida, o crédito habitação jovem pode não ser tão vantajoso comparativamente a qualquer outra proposta de crédito habitação. Por isso, o nosso conselho, como em qualquer pedido de crédito habitação, é que peça várias simulações até encontrar a proposta mais vantajosa, seja ou não exclusiva para jovens. O melhor crédito, independentemente da idade, será sempre aquele que responde às suas necessidades e que implica encargos mais reduzidos. Por isso não fique pela primeira proposta, nem tão pouco se iluda com as condições especiais criadas só para jovens. Compare, faça contas e, se necessário, peça ajuda nesse processo.

Peça uma simulação gratuita aos nossos parceiros para conhecer a melhor proposta de crédito à habitação para o seu caso. 

Quanto estiver a analisar as propostas de crédito, não se esqueça de ter especial atenção a estes pontos:

Não deixe de consultar o nosso artigo “Como escolher a melhor proposta de Crédito à Habitação?” para entender melhor o que deve analisar.

Prazos mais curtos no Crédito Habitação

Se já tem mais de 30 anos, não se esqueça que já estão em vigor os novos prazos para o crédito habitação desde 1 de abril:

  • Clientes até aos 30 anos: prazo máximo deve ser de 40 anos;
  • Clientes com mais de 30 anos e até aos 35 (inclusive): prazo máximo deve ser de 37 anos;
  • Clientes com mais de 35 anos: prazo máximo deve ser de 35 anos.

_

Leia também: Comprar Casa em 2022 – O que deve saber antes de avançar!

 

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado.