Transferências bancárias com indicação do número de telemóvel – Já disponível!

Escrito por Conselhos do Consultor

25.06.24

}
3 min de leitura
Transferências Bancárias com Indicação do Número de Telemóvel

Já pode realizar transferências bancárias através da indicação do número de telemóvel. Saiba o que muda.

O Banco de Portugal emitiu um comunicado onde informava que, a partir de 20 de maio, entravam em vigor um conjunto de alterações às transferências bancárias. A primeira alteração a entrar em vigor foi a possibilidade de confirmar o destinatário das transferências antes da sua conclusão e em todos os canais (por exemplo: homebanking, aplicação móvel ou balcões presenciais). A partir de 24 de junho, entrou em vigor o novo serviço SPIN que permite as transferências bancárias com a indicação do número de telemóvel.

Transferências bancárias com indicação do número de telemóvel – O que muda?

O novo serviço disponível, o SPIN, é uma solução disponibilizada pelo Banco de Portugal aos diferentes prestadores de serviços de pagamento no âmbito do  Sistema de Compensação Interbancária (SICOI). Esta é uma solução “de identificador para derivação da conta (proxy lookup/alias)” que passa a ser disponibilizada pelos prestadores de serviços de pagamento nos diferentes canais, tal como explica o Banco de Portugal.

Na prática, o SPIN permite que as transferências a crédito ou imediatas se realizem apenas com a indicação do número de telemóvel (particulares) ou o NIPC (empresas) do beneficiário. Isto significa que deixa de ser necessária a indicação do IBAN. Esta facilidade já é possível no MBWay, chegando em 2024 a todos os canais de prestadores de serviços de pagamento (incluindo homebanking, aplicações móveis e até ao balcão), sem custos para os utilizadores.

Importa referir que este serviço está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, sem custos associados e sem limite de número de transferências.

Como realizar a transferência bancária?

Em primeiro lugar, para garantir que a transferência é realizada com sucesso, “é necessário assegurar que o beneficiário dos fundos associou, previamente, o seu identificador (número de telemóvel, no caso de pessoas singulares, ou NIPC, no caso de pessoas coletivas) ao IBAN da conta de pagamento na qual pretende receber os fundos”.

Depois, o utilizador pode introduzir o número de telemóvel de forma manual ou através da seleção do contacto na lista telefónica (se disponível). Por fim, e antes de finalizar a transferência, aparece o destinatário da conta para a qual pretende realizar a transferência.

Transferências Bancárias com Número de Telemóvel

Fonte: Banco de Portugal (bportugal.pt)

Apesar do SPIN estar disponível desde 24 de junho, “terá de ser implementado pelos prestadores de serviços de pagamento até 16 de setembro de 2024.” Por isso, à data da publicação deste artigo, este novo serviço poderá não estar disponível em todos os bancos.

Se lhe restar qualquer dúvida, aconselhamos que consulte a informação disponível no portal do Banco de Portugal sobre este novo serviço e o vídeo informativo:

_

O conteúdo apresentado não substitui a necessidade de consultar entidades especializadas no assunto.

Quer receber os nossos artigos em primeira mão? Junte-se ao nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga-nos nas Redes Sociais

Para si | Artigos Recentes

Comentar

Outros Conselhos do Consultor

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *